Tag Archives: kit kat

Tim, você sem amigos?


timA Tim desenvolveu um comercial que, a grosso modo, incentiva a prática criticada de estar com os amigos, mas não desconectar do celular e aproveitar o momento com eles.

Quem gosta de um happy hour sabe o quanto é irritante aquele amigo, ou aqueles amigos, que estão na mesma mesa que você, mas parece que não, você fala e a pessoa não te escuta, pois os assuntos no Whats App, Instagram ou Facebook se tornam mais importantes. Para eles desgrudar do celular por um minuto parece tortura.

E que tal a operadora incentivar esse relacionamento frio? Uma oportunidade, não é mesmo? Afinal, quanto mais as pessoas usarem os celulares, maior a sua rentabilidade. Mas não caiu bem incentivar a fixação na relação online, desprezando a mais humana, a fala olho no olho, com risadas verdadeiras e não apenas “rsrs” ou “kkkkk”, que você nunca sabe se realmente é sincera.

Deixo aqui algumas boas práticas sobre esse assunto

A operadora de celulares tailandesa DTAC desenvolveu a famosa campanha “Disconnect To Connect” (Desconecte-se para conectar-se), com um comercial emocionante que mostra o quanto perdemos de viver quando estamos focados em aparelhos, incentivando conectar mais a sua vida.

kit-kat-no-wifi-1Em Amsterdã na Holanda, a Kit Kat criou as zonas “No Wi-fi”, que são pequenas áreas com raio de cinco metros com rede sem fio bloqueada, algumas mesas e banquinhos para que as pessoas fiquem offline por um tempo e interajam de verdade.

 
Copo-Offline-1Também com esses objetivos, o Bar Salve Jorge criou o “Copo Offline”, que só fica em pé quando está apoiado em um aparelho celular.

 

 

 

Ainda mais além, a Cerveja Polar criou o “Anulador de Celular Polar”, que quando a cerveja é colocada dentro, automaticamente desativa sinais Wi-fi, 3G, 4G…

Esses exemplos foram muito compartilhados nas redes sociais (espero que não enquanto estavam se divertindo com os amigos), e trouxeram uma boa imagem humanista às marcas. Tive um grande professor, Ricardo Chiminazzo, que sempre dizia que as empresas devem HUMANIZAR, pois todas trabalham e disponibilizam seus produtos para pessoas. A marca deve ser tratada como um ser humano, ter personalidade, sentimentos, opiniões e transmitir isso, pois as pessoas percebem e se identificam com elas.

A Tim, que já não possui uma boa imagem da marca, transmitiu frieza e incentivou a relação à distância, mesmo quando se está perto. As tecnologias são excelentes e bem vindas, mas devem sempre ser utilizadas para unir pessoas, e não separá-las. Quando está com seus amigos ou família, aproveite verdadeiramente o momento de estarem próximos, que com a correria do dia-a-dia se torna cada vez mais complicado.

A Tim é atendida pela agência NEOGAMA/BBH.

 

Escrito por Camilo Leles

Colaboração Gabriel Jensen

Greenpeace e sua polêmica sensacional: agora Kit Kat

O Greenpeace sempre utilizou de polêmica para provocar as pessoas pela sua causa, agora o alvo é a Nestlé com o chocolate Kit Kat.

GREENPEACEKITKATComerciais que pegam pesado, que fazem você engolir seco, ficar com um remorso ou uma irritação, esses sempre foram os objetivos do Greenpeace, buscando unir forças para refletir sobre impactos ambientais das ações do homem sobre o planeta. E assim sempre geram grande repercussão.

Em seu vídeo, a Nestlé é desafiada a deixar de usar óleo de palma nos chocolates Kit Kat, pois a extração desse óleo causa uma grande devastação e está ocasionando a extinção de orangotangos na Indonésia.

O vídeo primeiramente fala para “dar um tempo”, analogia ao slogan da Kit Kat “have a break, have a Kit Kat”, e o rapaz dá uma pausa em suas tarefas para consumir um Kit Kat, depois pede para “dar um tempo aos orangotangos”. O Greenpeace provoca as pessoas a refletir sobre o tema de forma muito bizarra e criativa, que causa certo espanto ao espectador. Vale a pena conferir:

Cabe a Nestlé realizar uma boa campanha de imagem, pois o vídeo se viralizou e causou uma reação negativa à marca Kit Kat.

Escrito por Camilo Leles
Colaboração Gabriel Jensen